Dra. Márcia Alvernaz25/03/2021

Médica atuante e sócia e na Integrative Núcleo Brasil de Saúde Integrativa e Funcional, localizada em Ipatinga, estado de Minas Gerais, Dra. Márcia não imaginava que a utilização de injetáveis poderia fazer tanta diferença em seu negócio. A princípio as terapias injetáveis eram usadas apenas em pacientes específicos, até o momento em que entendeu que estas terapias não são apenas para tratar dor e sim de nutrição celular, foi neste momento que percebeu a amplitude que seu negócio tomaria, pois assim ela teria uma gama de pacientes muito maior que seriam cuidados por ela e por sua clínica.

Dra. Márcia e sua equipe viram nas terapias injetáveis uma grande chance de alavancar os resultados da clínica, além de cuidar da saúde de seus pacientes. Com estas terapias, o paciente é medicado na mesma hora, dentro da própria clínica e já vai para sua casa percebendo a melhora em seu quadro, o que gera mais motivação e satisfação com o tratamento. 

Dra. Márcia Alvernaz é formada pela UFMG, se especializou em ginecologia e obstetrícia pela FHEMIG. Atuou por 17 anos como cirurgiã em hospitais de Belo Horizonte e Vale do Aço. Pós-graduada em ultrassom ginecológico e obstétrico. Pós-graduada em gestão e mercado no Instituto Caprone. Realizou inúmeros cursos na área da saúde integrativa, tendo realizado pós graduações e cursos intensivos como nutriendocrinologia funcional e gerenciamento do envelhecimento saudável, nutrição funcional, termografia médica, avaliação biofísica, medicina esportiva, homeostase hormonal, câncer e workshops.

A Integrative virou referência no tratamento de doenças crônicas e no tratamento de doenças autoimunes, o que aconteceu como consequência do bom uso das terapias injetáveis. Cerca de 60 a 70% do faturamento da clínica provém dos injetáveis, Dra. Márcia ressalta que o sucesso de sua clínica vem por meio destes tratamentos.

A doutora tentou outras ferramentas e softwares mas sempre ficava alguma informação imprecisa ou até mesmo não servia para sua real necessidade, com outras ferramentas a Integrative chegou a ter “parado em estoque” mais de R$100.000,00 em insumos e medicamentos, muitos vencidos e outros próximos de seu vencimento, porque não conseguiam controlar tudo isso com o software que tinham na época.

Atualmente, a Integrative conta com cerca de 2.000 pacientes em acompanhamento médico e estes pacientes vão até à clínica em torno de 4 vezes e justamente por este fluxo intenso é que ela escolheu a Support Health, para que em um único sistema ela possa administrar o histórico de seus pacientes, rastrear todos seus agendamentos, controlar todo fluxo da clínica, emitir relatórios de estoque e assim não haver perda financeira em insumos e medicamentos parados. A Integrative consegue gerar relatórios de pacientes que já receberam alta e assim fazer contato para que continuem em tratando com a clínica e voltem para um novo acompanhamento.

“… eu posso hoje, mesmo sozinha, me dedicar exclusivamente a parte técnica, à prática, não preciso me preocupar muito com a gestão, porque o sistema faz a gestão pra mim”, reforça a enfermeira Flávia Marques ao falar da gestão de agenda e estoque disponível dentro do sistema da Support Health. Anteriormente, relata Flávia, que este controle de estoque era totalmente manual, o que demandava tempo e estava sujeito a erros, hoje com a utilização da Support isto não acontece mais, a gestão da enfermagem ficou muito mais fácil.

Segundo a Dra. Márcia Alvernaz, os tratamentos são individualizados para cada paciente, não é necessário ficar se recordando deste histórico diariamente, “todo este raciocínio, já está inserido dentro do processo, eu só preciso escolher o melhor planejamento para meu paciente”. Todas as informações do paciente são inseridas dentro do sistema.

“É tudo ligado. O médico prescreve 10 sessões, o paciente paga as 10 sessões e as 10 sessões são liberadas. Só assim eu consigo fazer os agendamentos” reforça Liliane, responsável pela recepção da Integrative, da segurança que ela tem diante da integração de todas as funcionalidades do sistema.

A enfermeira Flávia Marques falou também sobre o registro de atendimento que é gerado pelo sistema, contendo todos os insumos e medicamentos que serão utilizados naquele paciente, ajudando o trabalho da enfermagem, pois assim não há chances para o erro, devido estar de posse de todas estas informações. O gerenciamento do estoque permite que todos os medicamentos sejam controlados para serem usados antes de seu vencimento, evitando prejuízos para a clínica.

“O médico que está começando hoje, com 3 meses usando a plataforma correta, ele vai montar uma clínica de injetáveis de qualidade, com excelência. Já não dá pra falar mais em amadorismo na medicina, não dá mais pra falar em amadorismo porque não precisa, com as plataformas corretas dentro da medicina integrativa, dentro das terapêuticas de injetáveis, o médico passa a ter mais qualidade de vida e, principalmente, fazer o que ele sabe fazer de melhor: cuidar do paciente dele”.

Dra. Márcia Alvernaz.